30 Conselhos sobre Pregar e

Ensinar na Comunidade Aviva

 

 

Escrito por Brian C. Houston e editado por Comunidade Aviva.

1.    SEJA OTIMISTA
Não pregue para um indivíduo. Usar o púlpito para falar com um indivíduo é ruim e não abençoa ninguém.

2.    PREGUE EM CONFORMIDADE COM NOSSA FÉ
Tenha atenção para não contradizer os fundamentos da fé cristã e de nossa doutrina.

3.    ATENÇÃO AO TEMPO
Seja fiel ao tempo que lhe foi confiado. 40 minutos é um tempo excelente para falar com a Igreja. Seja um mordomo do tempo das pessoas. O excesso de tempo pode lhe tirar a autoridade.

4.    COMPROVE NA BÍBLIA
Se você não pode provar na Bíblia, então não diga. O púlpito deve ser usado para apresentar a Verdade da Palavra de Deus, evite destacar suas opiniões. Toda referência da Escritura deve ser usada no contexto adequado. Procure sempre atribuir Credibilidade e Respeito à Palavra.

5.    MUITAS HORAS DE MEDITAÇÃO, PREPARAÇÃO E FAMILIARIZAÇÃO COM O TEMA
Três fatores muito importantes: 1. Pense muito sobre o que irá pregar; 2. Estude e revise a pregação até que ela fique polida como um diamante, isto irá impactar vidas; 3. Tenha familiaridade com o que irá pregar. Seja claro e eficiente.

6.    USO EXCESSIVO DO ‘EU’
A mensagem não deve ser sobre você, mas sobre o Deus que atua em você. O foco deve estar em Jesus e sua Palavra.

 

7.    FOCADO EM AJUDAR E NÃO EM IMPRESSIONAR
Joyce Meyer, pregadora internacional certa vez disse: Eu nunca penso em mim mesma quando estou no púlpito, eu penso em como posso ajudar aquelas pessoas que estão alí.

8.    REFORÇAR O QUE O PASTOR CLÁUDIO TEM PREGADO E DEMONSTRAR RESPEITO A CULTURA DA COMUNIDADE
Procure sempre reforçar o que o pastor Cláudio tem trazido como valor à Comunidade e nossa cultura como Reino de Deus. Incentive a congregação a se envolver com a agenda local e conhecer os valores.

9.    PARTA DA PERSPECTIVA DO NOVO TESTAMENTO
Utilize o Antigo Testamento a vontade, no entanto, analisando-o através da lente do Novo Testamento, da Cruz, do Evangelho da Graça. Caso contrário, corremos o risco de destacar a lei e a condenação e não fortalecer as pessoas.

10.    A PREGAÇÃO DEVE REFLETIR A VIDA QUE VOCÊ ESTÁ VIVENDO, NÃO A VIDA DO OUTRO
Seja autêntico! As melhores mensagens saem de nossas próprias lutas e jornadas. As pessoas sentem a autenticidade, bem como a falta dela. Não importa o quão profissional ou eloqüente você é como palestrante, você não vai construir nada na vida das pessoas se você não tiver autenticidade, seja no sermão, seja no dia-a-dia.

11.    REFLITA SUA PERSONALIDADE, NÃO IMITE OUTRA PESSOA
Talvez uma das lições mais difíceis de aprendermos, mas uma das mais importantes! Você sempre será o seu melhor se você estiver sendo você mesmo - Não se trata de ser perfeito ou de um certo "estilo". Mas fique atento para não usar essa liberdade como uma desculpa para apoiar rebelião ou negatividade.

12.    ALCANÇAR A SEGUNDA-FEIRA DAS PESSOAS, NÃO O DOMINGO
Em outras palavras, sua pregação precisa ser aplicável a vida diária das pessoas e não aos domingos. Será maravilhoso se o irmão puder lhe dizer: “Pastor, eu tenho aplicado em minha vida tudo o que ouço o senhor ministrar no domingo!”

13.    NÃO ENTRE EM ASSUNTOS QUE VOCÊ NÃO COMPREENDE
Fique dentro de seus limites. Continue crescendo, mas não pregue fora de sua área de conhecimento e entendimento. I Timóteo 3 diz “seja irrepreensível [...], seja apto para ensinar...”

14.    EXPRESSE O QUE NÓS APOIAMOS, NÃO O QUE LUTAMOS CONTRA
Nossa pregação deve afirmar o que somos e no que acreditamos e respeitamos. Gastar tempo mostrando o que não somos, o que não acreditamos, aquilo que somos contra pode desanimar os ouvintes.

15.    SEJA UM ENCORAJADOR
Procure fazer com que as pessoas se sintam melhores consigo mesmas em relação a forma como chegaram. O mundo naturalmente oprime as pessoas. As mensagens de desesperança são muitas na internet, TV e outras mídias. As pessoas estão sedentas de mensagens encorajadoras.

16.    TRANSIÇÃO FÁCIL PARA O APELO
Se as pessoas estão sendo impactadas e alcançadas durante a mensagem, logo o momento do apelo será uma transição suave e fácil. De qualquer modo você não pode deixar que sua confiança seja mensurada pela quantidade de pessoas que foram salvas no momento.

 

17.    SEJA CONVINCENTE
As pessoas estão fazendo anotações durante sua mensagem? Certifique-se de que as pessoas estão compreendendo o que você está dizendo, que há conteúdo no que você está dizendo, que você não é chato. Seja convincente.

18.    VEJA O HUMOR COMO BÔNUS, NÃO O OBJETIVO
Humor é uma ferramenta, não um objetivo. Se você não é bom sendo engraçado, não tente. Qualquer uso de humor deve servir à mensagem – e nunca construa sua mensagem em volta de histórias engraçadas ou piadas.

19.    PREGUE COM ANOTAÇÕES QUE VOCÊ TERIA ORGULHO DE MOSTRAR
Você deve ter algum conteúdo em suas anotações: palavras-chave, passagens bíblicas, exemplos. Conteúdo fluído é o objetivo. Suas anotações devem refletir o trabalho duro que você empenhou.

20.    EXALTE JESUS E TRAGA GLÓRIA A DEUS
Fique atento: a palavra ‘Deus’ pode significar muitas coisas para muitas pessoas. Assegure-se de apresentar JESUS. As pessoas não precisam de discursos motivacionais, elas precisam da PALAVRA DE DEUS. Enfatize JESUS CRISTO.

21.    UTILIZE O NÍVEL DE AUTORIDADE QUE LHE FOI ATRIBUÍDO
Fale dentro de sua esfera de autoridade, não fora de sua credibilidade. A menos que você tenha a credibilidade correta ou uma plataforma para confrontar e desafiar pessoas, então não faça. É sempre melhor encorajar pessoas.

22.    PROJETE HUMILDADE SEGURA
Minimize o ‘eu’, ‘mim’, ‘meu’. Seja confiante, não fraco ou falso. Eu sei quem eu sou e o que Deus tem confiado a mim no púlpito. Eu sei que pertenço a este lugar, mas ao mesmo tempo, eu reconheço que eu não ganhei o direito, e, portanto, devo ser responsável pela forma como faço. Isso é tudo sobre trazer glória ao nome de JESUS CRISTO. Manter o foco no principal.

23.    COMBINE FÉ COM TRANSPARÊNCIA
Não se trata de expor e destacar os nossos pontos fortes e fracos, mas equilibrar esses exemplos para melhorar a mensagem - nossa fraqueza ou força não é a mensagem. Não se trata de ter vergonha da benção. As pessoas se beneficiam mais com a compreensão da jornada e dos desafios que você teve que superar para chegar lá. As pessoas se relacionam e aprendem mais com suas lutas - não se apresente como perfeito. Por outro lado, não seja negativo e frágil o tempo todo - as pessoas precisam ser encorajadas em sua própria fé; Elas querem ouvir um vencedor.

24.    NÃO DIGA APENAS ‘O QUE’, MAS ‘COMO’
É mais desafiador dizer às pessoas como desenvolver os princípios que ensinamos. Certa feita, um homem chegou ao pregador depois do culto onde o tema tinha sido “Amar a Deus com todo o seu coração, alma e espírito”, e disse: "Eu quero fazer isso, mas como faço isso?" É fácil dizer às pessoas o que elas devem fazer, mas mais desafiador é dizer-lhes ‘como fazer’.

25.    FOCADO MAIS NA ENTREGA QUE NO CONTEÚDO
Se você não é bom ao comunicar sua mensagem, então não importa quão bom o conteúdo será, ele será perdido nas pessoas. Fale da melhor maneira que conecte o coração das pessoas à mensagem.

26.    AUDIÊNCIA PARA ALÉM DA COMUNIDADE LOCAL
Você nunca sabe até aonde sua mensagem irá chegar. Hoje é possível gravar um áudio, um vídeo em qualquer celular e compartilhar o arquivo imediatamente. Portanto, tenha total atenção e responsabilidade sobre o que está dizendo. Aplique todos os filtros que julgar necessário para compartilhar uma palavra altamente bíblica e transparente.

27.    OUÇA A VOCÊ MESMO
Solicite que sua mensagem seja gravada para você ouvir depois. Isto não é ser orgulhoso. Quando você se ouve consegue ponderar se houve excessos ou se há pontos que podem ser melhorados. Sempre há! Aprenda a amar a forma como você soa. Se você não gosta, ninguém vai gostar.

28.    SEJA RESPEITOSO

Seja respeitoso quando se referir a outras religiões, pessoas famosas e líderes políticos. Lembre-se que 'a nossa luta não é contra carne e sangue...' - há momentos que o mais sensato é não citar o nome e fazer apenas uma referência genérica '... em outras religiões... há grupos políticos...'


29.    AJUDANDO PESSOAS A SUPERAR E ACREDITAR NO QUE DEUS DIZ SOBRE ELAS
Sempre lembre as pessoas sobre o que Deus diz sobre elas. Há muita oposição no mundo e você tem a oportunidade de levantar as pessoas, de impulsioná-las. Fale isto para elas.

30.    SUA MENSAGEM NO JORNAL 
Certifique-se que tudo o que você prega pode ser publicado. Certa feita, um pregador jovem propôs um título controverso em sua pregação com o intuito de chamar a atenção da congregação. Aconteceu que um jornalista publicou o título com uma outra ênfase. O pregador teve problemas. Fique atento. Você está levando a mensagem de Jesus Cristo para o mundo, é sua responsabilidade ser claro, transparente, autêntico e fiel ao Espírito da Palavra. Nunca se esqueça: tudo pode ser publicado!

Por fim, exerça responsabilidade por tudo o que você diz. É uma enorme responsabilidade que temos quando se trata de levar a mensagem de Jesus Cristo ao mundo. A ignorância não pode ser uma desculpa, então decida hoje que você está cansado de desculpas. Aplique sabedoria e compreensão à mensagem sobre a sua vida e o púlpito que lhe foi dado - e o potencial e a influência na sua vida continuarão a crescer e se estenderão bem "acima e além".


 

| Comunidade Aviva Santo André SP 

Rua Juquiá, 569 Vila Assunção - Fone +55.11.98340.7875 

 

| Comunidade Aviva São Manoel SP

Pastor Valdeci Braz  Fone +55.14.3846 1816 - SP

"... Aviva, ó SENHOR, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia". Habacuque 3.2

Comunidade Evangélica Apostólica Aviva CTA

1998 - 2019 Ano do Governo de Deus

home-mapa-localizacao.png
instagram.png
marca.png
facebook.png
flickr.png
envelope.png
whatsapp.png