Bem vindo ao Asteróide B612, classe da Escola de Avivamento
com o Professor Milton Arioso
Aula 3 - Conversas eclesiásticas
Material de apoio
A importância da pregação expositiva, pr. Hernandes Dias Lopes (54:49)
Pregue, Mark Dever & Greg Gilbert, editora Fiel, 2012
Mexa-se, Greg L. Hawkins & Cally Parkinson, editora Vida
Como Preparar Mensagens Bíblicas, James Braga, editora Vida.
Aula completa
Aula 2 - Avivamento
Vídeos e livros recomendados
Documentário sobre o Avivamento da Rua Azusa, 312, Estados Unidos em 1906. (1h15)
A oração e a necessidade de avivamento por Franklin Ferreira. (54:44)
O avivamento na história bíblica por Franklin Ferreira. (53:21)
Aviva-nos e invocaremos o Teu Nome por dr. Russell Shedd (51:48)
Jonathan Edwards e a Crítica ao Avivamento por Heber Campos Jr. (55:25)
Fogo do Avivamento, Wesley L. Duewel, editora United Press, 2016
Avivamento para a Igreja, Franklin Ferreira, editora Vida Nova, 2015
O que é Avivamento? Escrito por Richard Lovelace, Revista Impacto, edição 12, 2011.
A história do Avivamento em Azusa por Franklin Bartleman
A Igreja Cristã na História, Franklin Ferreira, editora Vida Nova, 2013.
Jonathan Edwards e a Pregação por Franklin Ferreira (áudio 1h13)
Aula 2 - Avivamento
Parte 1
Aula 2 - Avivamento
Parte 2
O coração preparado para o avivamento
Escrito por Arthur Wallis
Material Extra /abril 2018
Artigo Livros e materiais úteis para interpretar a Bíblia por Bob Jonhson
Artigo 10 Conselhos para quem quer estudar teologia por Tiago Santos
Material Extra /março 2018
A Prática do Jejum
Inspirar-se na vida de Jesus, inclui a prática de oração e jejum, que são combustíveis preciosos para a caminha com Deus. Wesley L. Duewel (1996) diz em seu livro Toque o Mundo Através da Oração, que "John Wesley jejuava duas vezes por semana até a hora do chá". Duewel também relata que "Charles G. Finney, poderosamente usado por Deus no avivamento de 1800, jejuava regularmente toda semana. Sempre que notava uma redução da presença do Espírito em suas reuniões, ele passava três dias e três noites em oração e jejum. Finney contou que depois disso o Espírito Santo operava invariavalmente de novo e o reavivamento prosseguia". D. L. Moody e seus contemporâneos Ch. H. Spurgeon e George Müller também jejuavam. Quando Moody sentia uma necessidade especial em suas campanhas, "mandava uma mensagem ao Instituto Bíblico Moody para chamar os professores e alunos para um dia de jejum e oração. Eles muitas vezes oraram até as duas, três, quatro, ou mesmo cinco horas da manhã".
Para considerar: "Jejuar envolve também orar, arrepender-se e fazer uma sondagem no coração." - Jerry Falwell
Do livro devocional Andando com Deus, Edino Melo, editora Transcultural, 2013.
Aula 1 - José do Egito
Aula 1
José do Egito
Leitura complementar
Livro Quem é Quem na Bíblia
Leitura complementar
Gênesis, capítulos 37 a 50
Sugestão de Leitura
José, Charles Swindoll, editora Mundo Cristão
Exercícios de conclusão da aula

| Comunidade Aviva Santo André SP 

Rua Juquiá, 569 Vila Assunção - Fone +55.11.98340.7875 

 

| Comunidade Aviva São Manoel SP

Pastor Valdeci Braz  Fone +55.14.3846 1816 - SP

"... Aviva, ó SENHOR, a tua obra no meio dos anos, no meio dos anos faze-a conhecida; na tua ira lembra-te da misericórdia". Habacuque 3.2

Comunidade Evangélica Apostólica Aviva CTA

1998 - 2019 Ano do Governo de Deus

home-mapa-localizacao.png
instagram.png
marca.png
facebook.png
flickr.png
envelope.png
whatsapp.png